05 erros fatais que prejudicam seu anúncio digital

15/01/2019

Se você está realizando em seus anúncios algumas dessas ações: 


•    Utiliza imagens fora da política do Facebook
•    Uso excessivo de texto
•    Fala muito sobre si mesmo
•    Ignora atualizações
•    Quer alcançar a todos e a qualquer custo. 


Infelizmente você está cometendo um erro fatal, que com certeza prejudicará o desenvolvimento do seu anúncio. Mas não se preocupe, a partir de hoje você saberá como melhorá-los e ter mais sucesso.



Com as atualizações do Facebook, em relação às postagens orgânicas, que causaram a queda do alcance das postagens, cada vez mais se faz necessários o “impulsionar” dos materiais presentes nas redes sociais. 

Para muitos, antes de todas as atualizações, impulsionar publicações era algo pontual, hoje, é uma questão de sobrevivência. Principalmente pelo fato do Facebook usar o Audience Network na sua plataforma de anúncios, dessa forma, campanhas do Facebook e Instagram podem ser veiculadas também em milhares de sites e aplicativos. Afinal, nem só de Facebook e Instagram, vive o público atual.

Segue os 5 erros fatais que prejudicam seu anúncio digital, que você deve evitar.

1 – Texto, texto e mais texto 


No dicionário informal a definição para Facebook é: um site e serviço de rede social, lançada em 4 de fevereiro de 2004, é uma rede social de partilha de dados e de troca de ideias.

Partindo dessa definição, jamais esqueça de que Facebook não é uma plataforma para gerar vendas diretas. O público que se conecta ali tem o objetivo de interagir com seus amigos e com conteúdos relevantes, que estar disposto a descobrir coisas novas. 

Por isso, o seu material precisa ser atraente e desenvolver uma relação com o leitor de forma cativante e objetiva, precisa está agradável “aos olhos” e, com certeza, quando temos MUITA informação em um material ele não fica nada atraente. O post precisa de espaço para respirar.

O próprio Facebook Bunisses, quando impulsionamos, alerta quando o material atingiu mais de 20% de conteúdo escrito necessário ou você pode verificar através do link: https://www.facebook.com/ads/tools/text_overlay

Utilizar o recurso de legendas é uma ótima ferramenta para complementar o material principal. Lembre-se, na arte utilizamos o texto objetivo e interessante, e os complementos, assim como os detalhes, devem estar na legenda. 

Caso realmente seja obrigatório que o conteúdo esteja na arte, use o recurso de carrossel de imagens. 


2- Usar imagens fora da política do Facebook e Instagram


Este tópico é claro e objetivo, dependendo do serviço ou produto que você está planejando patrocinar com anúncios, ele pode ter regras especificas para utilização, desde imagens, texto e áudios (é o caso de direitos autorais), você pode verificar as politicas clicando aqui.


3- Fazer Anúncios Chatos (Ou falar muito sobre si mesmo)


Existem diversos motivos para que um anúncio não tenha um bom engajamento, e mesmo que você já esteja realizando e seguindo todos os passos indicados para melhoria, talvez, ainda assim, ele não esteja sendo relevante para as pessoas

O motivo para isso pode ser que, eles estejam saturados em relação a sua marca ou conteúdo. Deixar tudo muito repetitivo ou falar muito apenas de si mesmo, causa tédio e desinteresse aos seguidores. O que é um perigo! É importante lembrar que se você criar publicações que não são legais para o público, será penalizado pelo algoritmo com um baixo alcance, e pior, se for uma publicação paga, que o público não interagiu, será punido no preço final.

Então, se você não quer ser prejudicado pelo algoritmo e pagar preços altos por um anúncio, evite um dos piores erros.

Não crie anúncios “chatos”!


4- Ignorar Atualizações 


Mantenha-se atualizado, não só em relação à rede social e as novidades que ela traz, mas principalmente atualização do painel do Facebook Bussiness e Instagram, além de ser complexo passa por atualizações constantes. Então, mantenha-se atualizado.


5- Público


Último, porém não menos importante, a segmentação. Separamos alguns tópicos relacionados a erros presentes quando iniciamos os primeiros patrocínios online.

- O público escolhido talvez ainda não esteja engajado com a sua marca: Achar que todo o público escolhido realmente tem interesse no seu conteúdo é um erro. É necessário utilizar-se de pesquisas sobre o seu público, e muitos testes para saber segmentar de forma mais efetiva uma audiência que se relacione com a marca.

- Depois de um público bem segmentado, já será possível parar de cometer outro erro: “A base de dados com milhões de contatos, mas sem segmentação”. Tente pelo menos utilizar algum critério antes de sair utilizando toda a base de dados que a empresa possui.

- Não tente alcançar todo mundo: Parece óbvio, mas é muito comum acharmos que com uma verba altíssima atingirá todos de forma efetiva. Mas o que acontece é o seguinte, o Facebook informa quando você seleciona orçamento e público, quantas pessoas serão atingidas, então, a partir dessa métrica para melhores resultados, certifique-se de que os alvos não estejam muito amplos ou limitados demais. 

Quer saber mais sobre como melhorar o desempenho online do seu negócio?

Entre em contato conosco! (92) 3308-7005 / (92) 99322-2256



Juliane Ribeiro

Tentou ser Atleta virou Publicitária, acredita que cada dia é uma chance para ser melhor que ontem. Manauara, aquariana e viciada em Podcast.

Saiba mais sobre o autor
z